Cruzeiro E-Sports

Cruzeiro no Free Fire

A equipe do Cruzeiro é mais uma das equipes de futebol que adentra na modalidade do E-Sports do Battle Royale da Garena. O Cruzeiro E-Sports foi fundado em setembro de 2019 com parceria firmada juntamente com a E-Flix E-Sports. O cabuloso que já participa de modalidades como FIFA e Valorant, agora vem para somar estudando oportunidades no mundo do Free Fire, para dessa forma aproximar o seu torcedor das arquibancadas para os jogos virtuais.

A entrada do Cruzeiro no Free Fire foi anunciada do dia 6 de março de 2020 pelas redes sociais do clube, a raposa também lançou logo de cara a primeira line-up emulador e mobile, objetivando o competitivo do game.

Após um longo período de parceria entre Cruzeiro e E-Flix, o contrato entre ambas as partes foi encerrado de maneira unilateral pela E-Flix que, por ser detentora dos direitos e contratos dos jogadores, ficou com a line-up completa e consequentemente a vaga na Série A da LBFF. Porém, após uma pausa de quase três meses, o Cruzeiro E-Sports retomou com tudo o projeto nos esportes eletrônicos de maneira independente, anunciando seus novos jogadores (as) de Valorant, FIFA e obviamente Free Fire, visando a disputa da Série B e o retorno à elite do competitivo.

Sobre o Cruzeiro E-Sports

O Cruzeiro E-Sports no competitivo do Free Fire em sua primeira competição oficial da Garena se dá por meio do campeonato da Serie C, onde foi disputado por 1536 equipes e somente as 8 primeiras melhores equipes da competição conseguiram a vaga para serie A da elite do competitivo no Free Fire. O Cruzeiro no Free Fire por exemplo, não conseguiu ficar entre as 8 melhores equipes, mas a vaga ao acesso da serie A foi devido a equipe da Peaky e Bounce serem desclassificadas por descumprirem as regras do campeonato da Garena. Sendo assim a tabela final da Série C da LBFF 1 ficou dessa maneira:

  1. Santos
  2. SS E-Sports
  3. FEAR
  4. RAGES (Los Grandes)
  5. TEAM Z (Kabum E-Sports)
  6. Cruzeiro
  7. TeamRush (NewX Gaming)
  8. One Shot (God E-Sports)

Após um mau desempenho nas competições oficiais após o acesso à Série A, o Cruzeiro fez uma reformulação total em sua antiga line-up para a LBFF 3, trazendo destaques do cenário competitivo para o cabuloso. Como dito, após um período de bons resultados com a camisa celeste, a parceria com a E-Flix foi rompida, e o Cruzeiro só foi retomar ao cenário na Série B da LBFF 5, com uma line que mescla experiência com juventude, com o objetivo de conquistar acesso novamente.

As Hashtags mais usadas pela equipe azul celeste são: #GoFox #GoCRZ #CRZ #CRZisBack

Para entrar em contato com o Cruzeiro E-Sports:

Conheçam os principais times de Free Fire;

Competitivo - Cruzeiro E-Sports

Nome: Cruzeiro E-Sports
Plataforma: Mobile
Série: B
Titulos: 0
Campeonatos:

Equipe - Cruzeiro E-Sports

Jogador 1: Fixa
Jogador 2: Vilela
Jogador 3: Japex
Jogador 4: Júlio
Jogador 5:
Jogador 6:
Jogador 7:
Coach: WalterXL
Analista:
Manager:

Histórico - Cruzeiro E-Sports

6 de março – Cruzeiro se junta ao Free Fire ao adquirir Eagle, Igzinn, Akashi, Deeh e King.
15 de maio – entram Horus, Apelapato, Vraunelas e Sky.
26 de maio – sai Vraunelas.
9 de agosto – entram Nativa, Cebolinha, Boyka e Dogblack.
15 de agosto – sai Apelapato, Eagle, Igzinn, Akashi, Deeh, Sky e King.
12 de dezembro – saem Boyka e Eagle.
19 de janeiro – entram Otrembb e Vittin.
23 de março – parceria com a E-Flix é rompida, line deixa de ser do Cruzeiro.
11 de junho – Cruzeiro retorna ao Free Fire oficialmente de maneira independente. Line para a Série B passa a ser composta por Fixa, Vilela, Japex e Júlio. Coach WalterXL.